Testes COVID-19

A Organização Mundial de Saúde emitiu recomendações para testar em grande escala a população. 

Face à pandemia de COVID-19, a Organização Mundial de Saúde emitiu recomendações para testar em grande escala a população, como um elemento crítico para combater a doença. Os testes atualmente disponíveis diferem consoante o tipo e objetivo, pelo que, neste âmbito, deixamos algumas perguntas e respostas, com base em informações da MedTech Europe.

Existem essencialmente dois tipos de testes usados no contexto da COVID-19, que nos dão informações distintas, pelo que deverão ser solicitados por um profissional de saúde.

 I - Testes COVID-19 de base molecular: estes testes detetam a presença do vírus SARS-CoV-2 (vírus que causa a COVID-19)
II - Testes serológicos: estes testes detetam a resposta imunitária contra o vírus (produção de anticorpos)

I - Testes COVID-19 de base molecular

Estes testes detetam a presença do vírus, mas não se a pessoa teve contacto anterior com o vírus.   

Um teste molecular é uma técnica altamente sensível e específica. Os testes permitem testar as pessoas numa fase precoce da infeção. Permitem também, quando realizados em grande escala, pressupor a natureza e a propagação do vírus em toda uma população. Trata-se de uma informação importante para confirmação de casos e orientações de isolamento para as autoridades, a fim de tomar medidas adequadas para proteger as pessoas.  

II - Testes serológicos para a COVID-19 

Estes testes detetam a resposta imunológica contra o vírus (a produção de anticorpos), o que significa, se positivos, contacto com o vírus.

Os testes serológicos, também chamados imunoensaios, estão disponíveis em muitos formatos e diferentes variações, detetando de forma qualitativa ou quantitativa se uma pessoa desenvolveu anticorpos contra o vírus. 

Estes testes tornam-se importantes numa fase posterior da infeção, uma vez que os anticorpos precisam de cerca de 5-10 dias para se desenvolverem e serem detetáveis no sangue. Quando realizados em larga escala na população, podem dar-nos informações sobre a taxa de exposição ao vírus de uma população e, por conseguinte, orientar adequadamente as autoridades nos seus esforços para atenuar as medidas restritivas sociais.

Que tipo de testes de diagnóstico existem para detetar a COVID-19?